«Voltar

ÚLTIMO TRIBUTO AO DEPUTADO GABRIEL HILIFAVALI

O relógio apontava 16 horas e 45 minutos, quando nesta quinta-feira a aeronave do tipo Jato, com a matrícula P4-BFY, proveniente de Joanesburgo, África do Sul, fazia-se ao aeroporto 11 de Novembro, em Ondjiva, sede da província do Cunene, transportando a urna com os restos mortais do deputado à Assembleia Nacional, Gabriel Hilifavali, falecido a 5 de Fevereiro de 2019, naquele país, por doença.

O momento foi de muita comoção por parte de familiares, amigos, colegas, correligionários do partido e de várias sensibilidades públicas e privadas desta região do Sul de Angola.

Em marcha cadenciada, a caravana fúnebre partiu do aeroporto de Ondjiva para a residência do malogrado, sita no bairro “Pioneiro Zeca B”. Durante o percurso, foram muitos os cidadãos que pararam para ver passar o cortejo fúnebre e prestar o último tributo àquele que um dia elegeram para os representar e defender os seus interesses na Assembleia Nacional.

A urna coberta com a Bandeira Nacional foi transportada por efectivos da Guarda de Honra da Unidade de Protecção de Individualidades Protocolares (UPIP), como é de praxe em cerimónias do género. 

A homenagem pública ao Malogrado Deputado inicia às 09h00 desta sexta-feira, dia 15, no antigo Centro Administrativo do Governo Provincial do Cunene e vai ser orientada pela 2ª Vice-Presidente da Assembleia Nacional, Deputada Suzana Augusta de Melo, em representação do Presidente do Parlamento, Fernando da Piedade Dias dos Santos.

O funeral está previsto para às 14h30, no Cemitério da Missão Católica da Omupanda, antecedida da Missa de Corpo Presente na Igreja de referida Missão.

Para participar nas exéquias do falecido Deputado Gabriel Hilifavali, estão em Ondjiva distintos Deputados à Assembleia Nacional, com destaque para o Presidente do Grupo Parlamentar do MPLA, Américo Cuonono. Integra também a comitiva, o Secretário-Geral do Parlamento, Pedro Agostinho de Neri.

O Deputado Gabriel Hilifavali, 64 anos de idade, cumpria o seu primeiro mandato na Assembleia Nacional pelo Circulo Eleitoral Provincial do Cunene e pelo MPLA. Pertenceu à Comissão de Mantados, Ética e Decoro Parlamentar (9ª Comissão).