«Voltar

OPOSIÇÃO BOICOTA VOTAÇÃO DO RELATÓRIO DE ACTIVIDADES DA CNE

O Relatório Parecer Conjunto sobre a Actividade do Conselho Nacional Eleitoral (CNE) referente ao ano de 2018 foi hoje aprovado pelos deputados à Assembleia Nacional, com 26 votos a favor, nenhum contra e nehuma abstenção, mas sem o consenso da oposição que em sinal de protesto, abandonou à sala, por não concordar com o facto dos relatórios dos anos anteriores não terem sido ainda avaliados.

Antes do sucedido, a oposição ainda participou da votação do Relatório Parecer Conjunto sobre a Actividade de 2018 do Provedor da Justiça, que obteve 20 votos a favor, cinco abstenções e nenhum voto contra, retirando-se assim que iniciou a apreciação do Relatório Anual de Actividades da CNE.

De acordo com o Deputado David Mendes, da UNITA, não se admite que o MPLA não tenha a capacidade de ouvir a oposição sobre os pronunciamentos a serem feitos e que o voto da maioria sobreponha o interesse dos demais.

“Abandonamos a sala porque precisamos que haja alguma sensibilidade, por parte do MPLA, no sentido de poder ouvir a oposição, porque se há relatórios dos anos anteriores ainda por aprovar, por quê é que estamos a saltar para outros? E por quê não analisamos todos de uma só vez, se não há urgência no assunto? Nós não estamos a fazer qualquer exigência que não é aceitável”, retorquiu.

Por sua vez, o Deputado Vicente Pindo de Andrade, do MPLA, referiu que “o relatório da CNE de 2018 foi aprovado sim, mas com a recomendação de serem discutidos os relatórios referentes aos anos anteriores, que não foram ainda analisados”, esclareceu.