«Voltar

HUNGRIA PROPÕE COOPERAÇÃO EM FISCALIZAÇÃO PARLAMENTAR

Há dois anos no nosso país, na qualidade de Embaixador residente da Hungria em Angola, Zsolt Maris esteve hoje no Parlamento para um encontro de cortesia com a Presidente da Comissão de Relações Exteriores, Cooperação Internacional e Comunidades Angolanas no Estrangeiro.

Aspectos inerentes ao estabelecimento da cooperaçãoo parlamentar entre Angola e a Hungria dominaram a audiência concedida pela Deputada Josefina Pitra Diakité, que manifestou o desejo de dar passos mais significativos nesta relação. 

“Vamos trabalhar num quadro de acções de cooperação bilateral e de intercâmbio. Queremos colher a experiência dos húngaros no que diz respeito às boas práticas de gestão interparlamentar, equidade do género, formação, cultura, entre outros”, destacou a parlamentar.

O diplomata húngaro reforçou essa intenção, ao declarar à imprensa, que está para breve uma deslocação à Angola do primeiro-ministro da República da Hungria.

Entretanto, no âmbito do reforço das relações bilaterais, em 2017 foi assinado um acordo de cooperação económico e técnico-científico, com vista a ampliação e diversificação do quadro da colaboração entre os dois países. O referido instrumento jurídico foi rubricado, em Budapeste, capital da Hungria, pelo então Ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, e pelo seu homólogo húngaro, Peter Szijjartó.

 

BOLSAS DE ESTUDO

A Hungria, país da Europa Central, tem em carteira bolsas de estudos gratuitas para o Ensino Superior, destinadas a estudantes angolanos que pretendem especializar-se, entre outras áreas, em Engenharia, Economia e Línguas.

Segundo dados avançados pelo Embaixador Zsolt Maris, foram atribuídas cinquenta bolsas de estudos a estudantes angolanos. Esse número poderá aumentar a cada ano, em função das solicitações.

Zsolt Maris é embaixador da Hungria em Angola desde Março de 2017, altura em que procedeu à entrega das cartas credenciais ao antigo Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos.