«Voltar

GRUPO DE MULHERES PARLAMENTARES COM NOVA DIRECÇÃO

Uma Assembleia Extraordinária realizada ontem, dia 17, procedeu à eleição da Deputada Maria do Carmo Assis do Nascimento para exercer a função de Presidente do Grupo de Mulheres Parlamentares (GMP), em substituição da Deputada cessante Luísa Pedro Francisco Damião, que desempenha, actualmente, o cargo de Vice-presidente do MPLA.

Na oportunidade, o GMP elegeu também as deputadas Aldina Matilde Barros da Lomba Catembo e Maria Teresa Cardoso, que passam a ocupar os cargos de 1ª e 2ª Secretárias deste órgão da Assembleia Nacional, que visa o intercâmbio interno e externo das parlamentares, sucedendo as deputadas Ana Paula Inês Luís Fernando e Maria do Carmo Assis do Nascimento, respectivamente.

No termo do acto de eleição, a Presidente do GMP cessante expressou o seu profundo agradecimento pelo apoio prestado pelas legisladoras no alcance dos objectivos preconizados no Plano de Actividades para o ano parlamentar findo.

“Nós propusemo-nos em fazer um trabalho de advocacia, no sentido de promovermos cada vez mais a mulher e abraçarmos causas nobres. Graças ao empenho, a dedicação e o profissionalismo de todas as mulheres parlamentares, conseguimos cumprir com o programa traçado”,fez saber a Deputada cessante Luísa Damião.

Por sua vez, a Deputada Maria do Carmo do Nascimento garantiu dar continuidade ao trabalho iniciado pela Presidente cessante, na permanente busca de soluções para os problemas prementes das mulheres angolanos, no geral, e das parlamentares, em particular.

“Agradeço a confiança que em mim foi depositada. Temos de prosseguir com os trabalhos já predefinidos para esta Legislatura. Nesta 2ª Sessão Legislativa solicito o empenho de toda mulher parlamentar na defesa da equidade do género na nossa sociedade”, apelou a Presidente do GMP eleita.

O novo corpo directivo do Grupo de Mulheres Parlamentares foi eleito por unanimidade, com 43 votos a favor, nenhum voto contra e nenhuma abstenção.

O acto de eleição contou com a presença das 1ª e 2ª Vice-presidentes da Assembleia Nacional, Deputadas Emília Carlota Dias e Suzana Augusta de Melo, respectivamente.

CORPO DIRECTIVO DO GMP INICIA FUNÇÕES

O novo corpo directivo do Grupo de Mulheres Parlamentares (GMP) iniciou nesta quinta-feira, dia 18, as suas funções legislativas, mediante o acto de passagem de pastas. A cerimónia foi orientada pelo Presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos.

Após o referido acto, a direcção do Grupo de Mulheres Parlamentares, passou a ter a composição seguinte, Deputada Maria do Carmo do Nascimento (Presidente do GMP), Deputada Welwitshea José dos Santos (Vice-Presidente do GMP), Deputada Aldina Matilde Barros da Lomba Catembo (1ª Secretária do GMP) e Deputada Maria Teresa Cardoso (2ª Vice-Presidente do GMP).

As parlamentares recém-eleitas vão, deste modo, cumprir um mandato de dois anos, de acordo com o previsto no Regulamento Interno do referido órgão. O Grupo de Mulheres Parlamentares existe desde 1995, sendo este o seu décimo (10º) mandato.

Dos 220 assentos parlamentares, 82 são ocupados por mulheres, perfazendo assim um total de 37,3 por cento de deputadas. Um número, recorde-se, que o GMP almeja ver incrementado, nos próximos anos.