«Voltar

EMBAIXADOR CHINÊS DESPEDE-SE DE PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA NACIONAL

Chegou ao fim a missão diplomática do Embaixador da China em Angola. Após quase quatro anos a representar o gigante asiático, Cui Aimin está de malas feitas de regresso à China e, por isso, veio na manhã desta sexta-feira até ao Parlamento despedir-se de Fernando da Piedade Dias dos Santos, Presidente da Assembleia Nacional.

“Nos últimos anos as relações entre os dois países têm-se desenvolvido muito rapidamente e o nível de intercâmbio de cooperação tem vindo a crescer entre ambos os parlamentos. Eu estou em vésperas de deixar o país, ainda não sei para aonde vou mas aonde quer que eu esteja irei continuar a contribuir para o fortalecimento desses laços”,avançou o diplomata chinês.

A República Popular da China é o principal parceiro de Angola na luta pelo desenvolvimento e a cooperação mútua, que se estende as áreas da construção civil, energia, água, comércio, agro-indústria, ensino, tecnologia, petróleos e militar.

A 12 de Janeiro de 1983, Pequim e Luanda estabeleceram relações diplomáticas. Passados 25 anos, Angola tornou-se o maior parceiro comercial da China no continente africano.

No quadro das boas relações bilaterais, aquele país nipónico absorve cerca de metade do petróleo extraído em solo angolano e conta com mais de 250 mil trabalhadores em Angola.

A China é a segunda maior economia mundial, a seguir aos Estados Unidos, e a maior potência comercial do mundo.