«Voltar

ANGOLANOS EXERCEM DIREITO DE CIDADANIA

Os cidadãos angolanos são chamados, pela quarta vez, à elegerem os seus representantes para os próximos 05 anos.

As Assembleias de voto estão abertas desde às 07 horas da manhã, as quais os cidadãos têm acorrido para exercerem o seu direito de voto. Quem também o fez nas primeiras horas do dia, desta quarta-feira, dia 23, foi o Presidente do Grupo Parlamentar do MPLA, Deputado Virgílio de Fontes Pereira, na Escola Pública Santa Barbara, em Luanda.

De acordo com o parlamentar, o processo eleitoral decorre com tranquilidade em todo o país, sem o registo, até ao momento, de qualquer tipo de incidente, que possa perigar o clima de paz, harmonia e estabilidade político-social, alcançado pelo Estado angolano, à medida em que consolida a democracia.

“Este processo é uma marca que vai consolidar o nosso estado de direito democrático porque as eleições constituem um pilar do Estado. Angola espera vencer este processo, para que levantemos, não somente, a taça do futebol e do andebol, mas também a taça da democracia”, defendeu Virgílio de Fontes Pereira.

Depois de ter exercido o seu direito de voto, no Colégio Nossa Senhora do Bom Sucesso, distrito da Maianga, o Deputado França Van-Dúnem, disse tratar-se de “um dever constitucional e, acima de tudo, moral”.

“Desejo que aja tranquilidade, paz e continuação do progresso e desenvolvimento do nosso país”, augura o Deputado do MPLA.

Quem também esteve presente na Assembleia de Voto nº 1030, para exercer o seu dever cívico, foi a Ministra dos Assuntos Parlamentares, Rosa Micolo, que apelou os cidadãos à votarem para o bem da democracia, em Angola.

 

...