«Voltar

ANGOLA E PORTUGAL RENOVAM COOPERAÇÃO PARLAMENTAR

O Presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, manteve na manhã desta terça-feira, um encontro privado com o seu homólogo português, Eduardo Ferro Rodrigues, em visita oficial ao nosso país, por cinco dias.

Na sequência, realizaram-se as conversações entre as delegações parlamentares de Angola e de Portugal onde os presidentes da Assembleia Nacional de Angola e Portugal passaram em revista o acordo de cooperação existente entre os dois Órgãos Legislativos no domínio Político e da Administração Parlamentar.

No seu discurso, Fernando da Piedade Dias dos Santos, disse que as relações de cooperação entre Angola e Portugal estão assentes na base do respeito da soberania de cada estado, e no interesse de uma cooperação mutuamente vantajosa.

“Tenho a certeza que esta visita vai impulsionar a cooperação entre os nossos povos e parlamentos, evoluindo para acções concretas augurando que deste encontro resultem estratégias para dinamização da nossa cooperação com vista a honramos os compromissos para com os nossos respectivos povos”, destacou.

O Presidente da Assembleia Nacional defendeu ainda que a cooperação entre os parlamentos de Angola e Portugal deve ser mais dinâmica e elevada ao nível das relações governamentais.

“As recentes visitas oficiais das mais altas entidades governamentais de Angola e Portugal comprovam a vontade mútua do aprofundamento das relações de cooperação entre os dois países onde a conjugação de esforços e estratégias concertados devem merecer prioridade nas nossas relações para enfrentarmos os desafios globais, que perturbam a paz e a estabilidade no mundo”, enfatizou Fernando da Piedade Dias dos Santos.

Por seu turno, o Presidente da Assembleia da República de Portugal, Eduardo Ferro Rodrigues, apontou os progressos feitos pelo país no sentido de fortalecer as suas instituições políticas e a criação de condições para o progresso social e económico do povo Angolano.

“Na Assembleia da República nós valorizamos muito a cooperação parlamentar com Angola, e há um protocolo de cooperação que esta em vigor e este é um bom momento para fazer um balanço da execução do protocolo. Temos ainda um grupo de amizade parlamentar com Angola que é muito activo e que tem estado a desenvolver várias actividades com os grupos de amizade e cooperação da Assembleia nacional de Angola”, realçou.  

Eduardo Rodrigues afirmou, por outro lado, que Angola é e continuará a ser um parceiro estratégico de Portugal a nível do comércio e do investimento, e por outro, que a cooperação também é salutar no domínio do ensino e da cultura, como os casos da literatura e das artes plásticas.